POSTAGENS EM

Carregando...

Gênero de produção textual: CARTA

Na carta estabelece-se uma comunicação particular entre um eu definido e um você definido. DEVE-SE adaptar a linguagem e as ideias à realidade desse leitor e ao grau de intimidade. Imagine, por exemplo, uma carta dirigida a uma diretora da escola ou a sua mãe ou ao seu pai? Os tratamentos serão diferentes.

Formal – por exemplo, carta para a diretora da escola.
Informal – por exemplo, carta para a mãe ou pai.

ESTRUTURA DA CARTA

Cabeçalho: na primeira linha da carta –
FORMAL Rio de Janeiro, 15 de março de 2010.
INFORMAL – FORMA ABREVIADA - RJ, 15-03-2010 OU 15/03/2010
Evocação: presença do destinatário no início: Geralmente marcado por vírgula.
Depende da intimidade com o destinatário da carta.
Formal: Prezado senhor Fulano, Excelentíssimo senhor presidente, Senhor presidente Luís..., Caro deputado Sicrano, etc.
Informal- Oi, Maria! Olá, Maria,
Atenção para a vírgula, separando a interjeição - saudação

O texto da carta:
Definir com quem estou falando na minha carta - É a principal diferença entre o texto opinativo (chamado de dissertativo) e a carta. Ao escrever uma carta, o leitor tem que "aparecer" , ele deve estar presente no decorrer do texto. Então, verbos no imperativo – PENSE, IMAGINE, ENTENDA, SAIBA, DECIDA, ETC que fazem o leitor perceber que é ele o interlocutor – e vocativos (o nome da pessoa a quem se dirige) são bem-vindos. Na carta, vale reforçar, o leitor "aparece".

A CARTA também segue a estrutura de INTRODUÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONCLUSÃO, principalmente, se for uma carta formal.

INTRODUÇÃO – o tema /assunto da carta
DESENVOLVIMENTO ideias, argumentos, explicações para convencer o seu destinatário, ou o assunto da carta, a narrativa, a história que se quer contar a um parente ou a um amigo.
CONCLUSÃO Conclusão da história, reforce as suas ideias, um parágrafo sobre como é importante, essencial que sua ideia seja aceita.
Desfecho: Expressão que introduz a assinatura: a mais comum é "Atenciosamente", mas é possível outras, como "De um amigo", "De um cidadão que votou no senhor", De alguém que deseja ser atendido", Cordialmente, etc.
Informal: Um beijo – beijo – Tchau – Até!
Um texto pessoal, como é a carta, deve ser assinado pelo autor.
EM CONCURSOS: Porém, costuma-se solicitar ao aluno que não escreva o próprio nome por extenso, por exemplo, deve-se escrever a inicial do nome e dos sobrenomes, caso não haja outra opção fornecida na proposta do texto. Isso garante a imparcialidade na avaliação das redações. Se a redação for assinada, será ANULADA e o candidato terá ZERO como nota.
Em toda carta é necessário ter os seguintes itens:
 Destinatário: aquele para quem a carta foi escrita
 Remetente: aquele que escreveu a carta
 Local e data: o dia e o lugar onde foi escrita
 Evocação: o modo de chamar a pessoa para quem a carta foi enviada
(por exemplo, "caro colega", "querido amigo")
 Conteúdo: o texto principal da carta
 Desfecho: a despedida e a maneira como a carta foi encerrada.
PODE APARECER NO TEXTO DA CARTA
PS (do latim post scriptum, ou pós-escrito): uma observação adicional, não inserida no texto.

EXEMPLOS DE CARTA
INFORMAL - Leia esta carta que a escritora Clarice Lispector escreveu para sua irmã Tania. É uma carta entre pessoas que se conhecem e são íntimas.
Berna, 5 de novembro de 1948.
Tânia, minha irmã querida,
Recebi agora de manhã sua carta de 26 de outubro com bastante atraso
(levou 10 dias para chegar).
Ontem mesmo escrevi para vocês uma carta pedindo, mas como chegou a sua hoje, não a mando mais – escreverei também a Elisa.Vejo também que vocês não receberam ainda as cartas que lhe mandei com retratos de Pedrinho (separadas para Elisa e para você) e que foram
aliás registradas. Chegaram?.
Um beijo para você, minha filhinha pequena, irmã de Pedrinho.
Sempre sua
Clarice.
FORMAL Agora veja o exemplo de uma carta mais formal, para alguém com quem não se tem tanta intimidade:
Rio de Janeiro, 20 de outubro de 2010.
Prezada Professora Maria Celia,
Gostaríamos de convidá-la para ser nossa madrinha de formatura. Decidimos pelo seu nome em uma votação na última terça-feira pois durante todos esses anos de estudo a senhora foi a mais criativa, a mais dedicada e paciente. Nunca estudamos matemática com tanto prazer e interesse.
Gostaríamos de receber logo sua resposta porque estamos bem ansiosos.
Atenciosamente,
Turmas do 5o ano
PROPOSTA DE TEXTO
1. A sua escola costumava promover uma divertida colônia de férias. Esse ano não vai haver. A colônia foi cancelada porque não houve muitas crianças inscritas no ano passado. Escreva uma carta para a DIRETORA DA SUA ESCOLA pedindo para que a escola volte a oferecer a colônia de férias. Exponha suas ideias, argumentos, dê sugestões de atividades e de divulgação para se ter mais inscrições. Enfim, tente convencer a direção da escola em sua carta. Mínimo de 15, máximo de 20 linhas. Assine como "alunas da turma xxxx" Atenção!! Você não tem muita intimidade com a diretora, então, escreva com certa formalidade.
2. Escreva uma carta para o seu pai tentando convencê-lo a deixar você passar o fim de semana na casa de praia de uma amiga da escola.